ENOAMIGOS

Cursos e Consultoria em Vinhos

claudia@enoamigos.com.br

• Santos • São Paulo

Artigos
Momento DiVino "Barolos e Barbarescos" 08/10/21 - A Tribuna Jornal - Santos
MOMENTO DIVINO 08-10-2021

Santé! É no Piemonte, noroeste da Itália, em colinas íngremes aos pés dos Alpes, que se produz o Barolo, tão cobiçado quanto o Bourgogne da França, e talvez o que mais se compare a este, por sua elegância e potência!


Barolo é vinho com Denominação de Origem Controlada e Garantida DOCG, nas versões Rosso (3 anos de maturação e mínimo de 2 anos barris) e Riserva (5 anos com mínimo de 3 anos barris). São onze comunas produtoras todas na província de Cuneo, as mais conhecidas são: Barolo, La Morra, Castiglione, Falleto, Monforte d’Alba, Serralunga d’Alba, Monforte d’Alba e Verduno.


Barolos são elaborados com a nobre casta Nebbiolo cujo nome advém de nebbia ou neblina, e esta invariavelmente até fecha o aeroporto de Milão, mas colore os vinhedos com folhas amarelo ouro e uvas perfeitas. Da vida a vinhos pouco comuns, únicos e apaixonantes. Vinhos de extrema finesse, mas muita estrutura, com taninos marcantes, longevos e de muita personalidade. A casta Nebbiolo, também é denominada Chiavennasca e Spanna.


Barolos normalmente têm uma coloração mais clara, mas com taninos muito presentes conferindo adstringência necessária a um grande vinho. Sua acidez o torna palatável para envelhecer e desenvolver nuances de rosas, cereja, ameixas, framboesa, alcaçuz, ervas secas, alcatrão, trufas, cogumelos, terra.


Da mesma casta Nebbiolo, e ainda na província de Cuneo, as comunas de Barbaresco, Nèive, Treiso e Alba produzem o Barbaresco, geralmente um pouco mais leve que o Barolo, entretanto alguns podem se assemelhar. O  Riserva pede 50 meses de vinícola já o Rosso 26 meses e mínimo de 9 meses em barris.


Barolos e Barbarescos são vinhos bem avaliados, comumente têm alto custo, são concentrados e robustos, graças aos seus sabores singulares, sendo que esses vinhos têm capacidade de evolução tamanha, que podem envelhecer por décadas mantendo suas características autóctones e muita complexidade!


Atualmente muitos produtores de Barolos e Barbarescos optam por um perfil mais moderno, com mais fruta, taninos mais prontos, para um consumo imediato, e ainda com potencial de guarda. Já os mais tradicionais, diferentemente, o elaboram para serem degustados e apreciados depois de muitos anos após seu lançamento no mercado.


Recentemente degustei Barolos e Barbarescos da Bell Colle, leia-se Bosio Family Estates, da comuna Verduno. Fundada em 1970 e adquirida em 2015 pela família Bosio. A Bel Colle agora faz parte do portfólio da Decanter. Vinhos perfumados e delicados, com corpo equilibrado e taninos macios, de extrema longevidade, mantendo suas características ao longo do tempo.


Agradeço a honra de ter participado da “Confraria do Adolar”, cuja prova foi conduzida pelo proprietário da Decanter, Sr. Adolar Hermann e o sommelier Thiago Locatelli.


Acompanhe as minhas impressões técnicas e até a próxima taça!


momentodivino@atribuna.com.br

PROVEI E INDICO


Bel Colle Barbaresco Pajorè 2017
(24 meses Botti de carvalho/6 meses garrafa)
Uva: Nebbiolo (14,3º GL) (guarda 15 anos)
Cor: rubi médio, brilhante
Nariz: cerejas, ameixas e cassis, envolto por alcaçuz, especiarias e mineral
Boca: seco, médio corpo, elegante, com acidez vibrante e taninos sedosos.
R$ 692,20

Bel Colle Barolo 2017
(36 meses em botti de carvalho)
Uva: Nebbiolo (14,5°GL) (guarda 12 anos)
Cor: rubi brilhante, reflexo granada
Nariz: cereja, rosa seca, algo herbáceo, especiarias e leve alcatrão
Boca: seco, médio corpo, amplo, intenso, taninos sedosos e final longo
R$ 459,40

Bel Colle Barolo Simposio 2017
(36 meses em Botti da Eslavôna e tonéis de carvalho francês)
Uva: Nebbiolo (14,85°GL) (guarda 12 anos)
Cor: rubi brilhante, reflexo granada
Nariz: frutas vermelhas, rosas, terra, especiarias doces
Boca: seco, intenso e aveludado, com estrutura robusta e final longo
R$ 562,40

Bel Colle Barolo Monvigliero 2017
(36 meses tonéis de carvalho francês)
Uva: Nebbiolo (14,45°GL) (guarda 15 anos)
Cor: rubi brilhante, reflexo granada
Nariz: cerejas, rosa seca, violeta, alcaçuz e terra molhada
Boca: seco, médio corpo, taninos ultrafinos, muito elegante e equilibrado
R$ 716,80

Os vinhos devem ser servidos a 18º C e decantados 1 hora antes.

Harmonizam bem com: Bollito misto, clássico cozido piemontês com várias carnes (língua, vitela, cotechino, lombo de boi); ravioli de pato; polenta com ragu de ossobuco; massas com molhos intensos; risoto de cogumelos; carnes assadas em geral.

À venda www.decanter.com.br ou www.decantersantos.com.br


Bel Colle
.:: • © Copyright 2007 - 2021, ENOAMIGOS ® • Santos • São Paulo • claudia@enoamigos.com.br • http://www.enoamigos.com.br .::
.:: • PORTALWEB 6.0 ® • WCMS Web Content Management Systems • Development for Santos Digital ™ Global Strategy