ENOAMIGOS

Cursos e Consultoria em Vinhos

claudia@enoamigos.com.br

• Santos • São Paulo

Artigos
Momento DiVino "Vinho Kosher, tradição milenar" 03/03/17 - A Tribuna Jornal - Santos
MOMENTO DIVINO 03-03-2017

Santé! Você conhece o vinho Kosher?

Pois bem, a palavra kosher (pronuncia-se cácher) significa bom em hebraico, adequado, digno de confiança. No caso do vinho e do alimento em geral, ele é elaborado sob a rigorosa supervisão de um rabino. A cultura judaica detém tradições históricas muito difundidas. Dentre as mais conhecidas, pode-se destacar a religiosa e a alimentar. O sistema kosher é definido pelo Tora, a bíblia dos judeus, e estabelece toda a íntima ligação entre a alimentação e a religião judaica. O vinho kosher segue nesse sentido sob os mesmos preceitos.

Israel detém o ranking na produção de vinhos kosher. Entretanto, nem todo vinho de Israel é kosher, e ainda, há outros países como França, Itália, Espanha, Estados Unidos, Austrália, Argentina e Chile que produzem vinhos kosher sempre respeitando tais preceitos. São eles:

- as videiras devem ter mais de quatro anos de vida;

- nada, vegetal ou fruto, se cultiva no vinhedo, além das vinhas;

- shmita, espécie de lei sabática para o vinhedo, exige que depois de sete anos o vinhedo descanse por um ano, sem produzir (sabe-se que nesse período alguns produtores vendem suas uvas para não judeus);

- todo o maquinário e utensílios inclusive os ingredientes como sulfitos, leveduras, utilizados na produção, devem ser kosher;

- o manuseio das uvas e a fiscalização de todo o cumprimento dessas leis é feito por judeus mais ortodoxos, seguidores à risca do Tora, chamados de haredim;

- uma quantidade simbólica do vinho (1%), representando o dízimo, pago ao templo em Jerusalém nos dias bíblicos, o maser, deve ser jogada para fora dos tanques ou da barrica onde estão sendo produzidos.

Há ainda, dentro da mesma linha, um vinho elaborado sob maior rigor, fiscalização contundente e enfática: é o Meshuval ou Mevushal no qual o vinho kosher deve ser pasteurizado (cozido) rapidamente, obedecendo a um mandamento rabínico obscuro, que aparentemente, obriga que o vinho seja derramado por um judeu não ortodoxo, não perdendo seu status de kosher.

Observo que Kosher não deve ser considerado um processo que define a qualidade do vinho, e sim um certificado emitido aos que seguem suas leis religiosas.

A designação vinhos Kosher existe desde os primórdios , contudo a sua industrialização começou com o Barão Edmond de Rothschild no final do século XIX, proprietário do Château Lafite-Rothschild, em Bordeaux, França. Tudo se iniciou quando o Barão levou as variedades de uvas francesas e os seus conhecimentos técnicos para Israel, ao sul de Tel Aviv, em Rishon le Zion e Zichron Ya'avoc, ao sul de Haifa. Empreendimento com o qual obtém sucesso até hoje com vinhos da marca Carmel.

Aqui no Brasil algumas importadoras trazem excelentes rótulos, que remontam a esses tempos antigos, e para esta pauta tive o privilégio de degustar os vinhos orgânicos da Vinícola Golan Heights, da pequena cidade de Katzrin, alto das Colinas de Golã, em Israel, importados pela Inovini (www.inovini.com.br).
Produzem a linha simples Golan, seguida da Gamla e Yarden, a gama superior e todos muito expressivos!

Desfrute e até a próxima taça!
momentodivino@atribuna.com.br

 


Golan Heights Yarden Chardonnay 2011, Galiléia, IL

Uva: Chardonnay 14,5º GL (barrica francesa)
Cor: amarelo ouro brilhante
Nariz: abacaxi e damasco em compota, amêndoas e avelãs, baunilha, toque floral e certo oxidé
Boca: seco, refrescante, sápido, encorpado, perdendo jovialidade, mas caráter íntegro e vibrante, doçura elegante ao final, grande vinho
R$134,90 (Inovini) Laticínios Marcelo



 



Golan Heights Monte Hermon Tinto 2015, Galiléia, IL

Uva: Cabernet Sauvignon, Merlot, Malbec, Petit Verdot e Cabernet Franc 13,9ºGL
Cor: rubi pouco intenso
Nariz: frutas vermelhas, especiarias e toque vegetal
Boca: seco, corpo médio e taninos macios, saboroso, doçura ao final
R$119,90 (Inovini) Laticínios Marcelo

 


AGENDA

09/03 Wine Tasting Porto & Douro, no Intercontinental Hotel em São Paulo. Produção EV-Essência do Vinho PT. Cadastro no site - http://cadastro.portodourointernationaltasting.com  

29/03 Vinotejo - Grande Prova Anual dos Vinhos do Tejo no Clube Athletico Paulistano, SP. Tels.: (11) 3253-6693 | 3253-6692


.:: • © Copyright 2007 - 2020, ENOAMIGOS ® • Santos • São Paulo • claudia@enoamigos.com.br • http://www.enoamigos.com.br .::
.:: • PORTALWEB 6.0 ® • WCMS Web Content Management Systems • Development for Santos Digital ™ Global Strategy